10 animais gigantes que habitaram nosso planeta após os dinossauros

Após a extinção dos mais temidos e maiores animais pré-históricos, os dinossauros, nosso planeta foi casa de muitas outras espécies de criaturas gigantescas.

Aqui está uma lista de dez animais gigantes que viveram após os dinossauros:

 

 

#1 Argentavis magnificens

Argentavis magnificens

O Argentavis foi uma das maiores aves voadoras conhecidas pela ciência, possivelmente superadas em envergadura apenas pelo Pelagornis sandersi recentemente descoberto. Com uma envergadura de 7 metros e uma massa de aproximada de 72 kg, teria sido capaz de transportar cavalos primitivos de pequeno porte. Em 2014, outra espécie extinta, a Pelagornis sandersi, foi descrita com tendo um tamanho similar (embora apenas pesasse 22 a 40 kg). Para comparação, o pássaro vivo com a maior envergadura é o Albatroz-errante, de 3,65m.

 

#2 Basilosaurus

Basilosaurus

O Basilosaurus não é um lagarto, nem um dinossauro. É, na verdade, um tipo de baleia antiga que viveu de entre 40 a 34 milhões de anos atrás. Seus fósseis foram encontrados nos Estados Unidos, Egito, Jordânia e Paquistão. Esta fera teria aterrorizado os mares em todo o mundo. Medindo entre 12-20m, o Basilosaurus é o maior animal de oceano conhecido do Eoceno.

 

#3 Purussauro

Purussauro

Todas as eras parecem ter sua própria espécie de crocodilo gigante. No Cretáceo, havia Sarcosuchus e o Deinosuchus. Após a era dos dinossauros, crocodilos indiscutivelmente mais especializados tomaram conta do planeta. O Purussaurus é um candidato para o maior crocodilo que alguma vez tenha vivido na terra. Vivendo na América do Sul ao lado do gigante pássaro Argentavis, este monstruoso caçador de 13 metros de comprimento aterrorizou o continente há apenas 8 milhões de anos atrás.

 

#4 Rinoceronte-girafa

Rinoceronte-girafa

O Rinoceronte-girafa é uma espécie extinta de rinoceronte sem chifres. É o maior mamífero terrestre que alguma vez existiu, com quase 5 metros de altura e pesando aproximadamente 20 toneladas. Vivia há 34-23 milhões de anos. Seus restos foram encontrados em toda a Eurásia entre a China e a ex-Jugoslávia.

 

 

#5 Daeodon

#5 Daeodon

O Daeodon habitou a América do Norte entre 29 a 19 milhões de anos atrás. O crânio de um Daeodon media quase um metro de comprimento. Tinha 1,8 metros de altura, e em tempos percorria a América do Norte, comendo quase qualquer coisa que pudesse encontrar.

 

#6 Megalania (Varanus priscus)

Megalania (Varanus priscus)

Megalania é uma espécie extinta de lagarto monitor. Viveu na Austrália, este gigante lagarto gigante de 7 metros de comprimento foi extinto apenas recentemente, há cerca de 30 mil anos atrás. Os primeiros colonizadores da Austrália podem ter encontrado ainda alguns na natureza.

 

#7 Titanoboa cerrejonensis

Titanoboa cerrejonensis

A Titanoboa, é uma espécie extinta de cobras que viveu aproximadamente 60-58 milhões de anos atrás. Os cientistas estimam que tinham um comprimento total de cerca de 12,8m e pesavam cerca de 1.135 kg. Eram mais longas que o tiranossauro rex, com um apetite digno do seu tamanho. A Titanoboa percorreu os pântanos da Columbia.

 

#8 Kelenken guillermoi

Kelenken guillermoi

Kelenken guillermoi é uma espécie de ave da família Phorusrhacidae. Como todos os Phorusrhacidae, ou pássaros do terror, não eram capazes de voar devido ao seu tamanho, mas eram donos de uma velocidade e ferocidade enormes. Viveram na América do Sul.

 

#9 Megalodon

Megalodon

Os tubarões são temíveis. Nós sabemos disso. Já habitam o planeta há mais de 400 milhões de anos, e têm sobrevivido a todas as extinções em massa. O Megalodon (“Grande tubarão dentado”) foi um dos predadores mais influentes que a Terra já produziu e um dos maiores, com 18 metros de comprimento. O Megalodon era um predador ativo de grandes baleias. Mas, novamente … sempre há um peixe maior.

 

#10 Livyatan melvillei

Livyatan melvillei

A Livyatan Melvillei é uma espécie extinta de baleia, que viveu aproximadamente 12-13 milhões de anos atrás. As Livyatan comiam Megalodons. Os dentes tinham mais de 30cm de comprimento. Era uma baleia que comia outras baleias. Foi nomeada em honra a um monstro bíblico que Deus teve que destruir para evitar que ele se reproduzisse.

 

Fonte: Kickassfacts